Habemus fruta!

E aí estão os primeiros frutos do nosso trabalho. Não se riam já! Ok, são pequenos, o sabor não é extraordinário, mas mal sabia eu, exactamente há um ano atrás, quando o Ti’Jquim nos deu melões e melancias do Algarve, que hoje íamos ter melões cultivados por nós, com as sementes daqueles que trouxemos nas nossas últimas férias de verão.

Podem não ter ficado lá grande coisa, mas valeu pelo processo. Para o ano serão melhores (sim, sim, porque não usámos as sementes todas!).

photo (1) photo

Continuação do post anterior, mas com mais um presente

Eu sei que consigo ser muito irritante com isto de estar sempre a receber prendas, mas isso só significa que estou rodeada de pessoas que aparentemente gostam de mim 🙂

Como se não bastasse o presente recebido por correio no fim-de-semana, ontem cheguei ao escritório e tinha na minha mesa uma caixinha branca de cartão a dizer “Obrigada :-)”

Isto de ser “boa pessoa” e ajudar toda a gente tem destas coisas.

Dei uma ajuda a um colega revendo-lhe o inglês de uma parte da dissertação de mestrado e ele achou por bem trazer-me bolinhos do Algarve porque foi a casa no fim-de-semana.

E é isto, senhores:

fotografia 1fotografia