Flores, nem vê-las!

Cheguei a Amesterdão super entusiasmada porque finalmente ia ver os campos de tulipas floridos!
Após 18km a pedalar chegámos a uma área de campos lavrados, mas tulipas nem vê-las! Tinham sido apanhadas no dia anterior… Voltámos de bicicleta para o aeroporto onde lanchámos numa esplanada (sim, está sol na Holanda) e apanhámos o comboio de volta a casa.
E é fantástico com tudo aqui está preparado para as bicicletas serem um meio de transporte tão válido como todos os outros 🙂
Hoje sim, vamos ver flores, mas de carro.
Para já, uma foto do almoço de ontem no Amsterdam Bos (lê-se boch)

20140425-120530.jpg

London’s Calling

Estou apaixonada por Londres!
Já tinha lá estado mas desta vez voltei verdadeiramente apaixonada. Pela cidade, pelos Londrinos, pelos meus amigos Sofia e Fred que estão felizes como nunca os vi, pela vida que eles conquistaram, pelos cafés que dão todos vontade de entrar, pelas igrejas lindas de morrer, pelas ruas de lojas a fervilhar de gente, pelo metro pontualíssimo, pelos quilómetros sem fim que fiz a pé, até encher os pés de bolhas…
A diferença entre a nossa terra e uma cidade com gente que tem sentido cívico faz uma diferença tão grande que o frio torna-se quase indiferente.

Amei tudo e especialmente a companhia, da Sofs, do Fred e, claro, da João com quem pus em dia conversas sobre meses de sentimentos contraditórios que se têm passado nesta cabeça.  Três dias maravilhosos! 🙂