Os 10 livros mais vendidos nos últimos 50 anos

top-10-most-read-books-in-the-world_502917bd068fd

Fonte: Squidoo

Isto diz muito sobre a Humanidade…

Comecemos pelo princípio:

A Bíblia – Ok. Faz sentido. Percebe-se o porquê, embora me surpreenda que nos últimos 50 anos ainda se mantenha na frente;

Citações de Mao Tse-tung – deve ser obrigatório na China, com certeza. O correspondente aos nossos Lusíadas (NOT!);

Harry Potter – não só compreendo, como contribui para que estivesse tão bem posicionado. Traz consigo a boa notícia de haver muita malta nova a ler. Quando os livros são bons acaba-se logo a preguiça. Lembro-me de, em Portugal, haver muitos miúdos que compravam os livros em inglês só para saberem a história primeiro. Very Nice;

O Senhor dos Anéis – idem aspas com o anterior. Compreendo, contribui e retiro a parte dos jovens porque esta é uma história mais para adultos embora seja uma magnífica metáfora da vitória do bem contra o mal;

O Alquimista – hum… tenho-o em casa (tal como tenho muitos outros do Paulo Coelho). Li-o na altura, mas daí a ser o 5º livro mais vendido dos últimos 50 anos, caraças… Não é assim tão bom. Acho é que quando saiu a malta embarcou um bocado nele como se fosse o novo Graal. Lembra-me o fenómeno do Segredo (que surgiu alguns anos depois). Não é sequer o melhor livro do Paulo Coelho;

O Código Da Vinci – não li o livro, mas vi o filme. Gostei muito, como geralmente gosto de mix entre romance, história e religião. Já me disseram que o livro é melhor que o filme (como sempre). Dentro deste género prefiro claramente Daniel Silva;

Saga Twilight – Não conheço e não quero conhecer (preconceito puro, admito!);

E tudo o vento levou – Não li nem vi o filme, mas percebo o porquê de estar aqui. Falta de cultura minha;

Pense e fique rico – Nunca ouvi falar em tal coisa. Olhando para o título parece-me evidente o porquê de estar aqui. Não vou falar do que não conheço;

O Diário de Anne Frank – Digam-me que não fui a única que saltou quase metade do livro para ler o fim. Não fui, pois não? É que é muito chato, caramba! Não desvalorizo, de todo, a vida que a miúda teve, aquilo por que passou e a importância em termos históricos daquele relato. Mas enquanto livro para ler no dia-a-dia é mesmo muito chatinho…

E vocês? Surpreendidos com estes títulos? Para mim falta aqui Agatha Christie, e Eça 🙂

Anúncios

3 thoughts on “Os 10 livros mais vendidos nos últimos 50 anos

  1. Ficarias surpreendida com o número de portugueses da minha geração que têm AS CITAÇÕES DE MAO TÉ TUNG. Fazia parte da fase post 25 de Abril, até porque como deves calcular era completamente proibido antes.

    Por favor lê o CÓDIGO DA VINCI…

    Também não conheço o PENSE E FIQUE RICO nem li A SAGA TWILIGHT, mas era menina para achar giro, a avaliar por dois dos filmes, que vi, mais ou menos por acaso…

    Com um grande sentimento de culpa, partilho completamente a opinião acerca de O DIÁRIO DE ANNE FRANK

  2. não… como é que não gostaram do diário de Anne Frank? Como? Li e reli várias vezes na minha adolescência. É certo que nessa altura não tinha o Harry Potter mas mesmo assim… E ainda tenho que ler o “E tudo o vento levou”. E não me admiro o Alquimista ser dos mais vendidos porque toda a gente (eu incluida) passou a fase “Paulo Coelho” (é daquelas coisas que não se conseguem explicar mas que são um facto).

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s